MEMÓRIA MUSICAL

COPACABANA
(Braguinha - Alberto Ribeiro)
Existem praias tão lindas
Cheias de luz
Nenhuma tem o encanto
Que tu possuis
Tuas areias
Teu céu tão lindo
Tuas sereias
Sempre sorrindo
Copacabana, princesinha do mar
Pelas manhãs tu és a vida, a cantar
E à tardinha ao sol poente
Deixas sempre uma saudade na gente
Copacabana, o mar eterno cantor
Ao te beijar ficou perdido de amor
E hoje vive a murmurar
Só a ti Copacabana eu hei de amar